Stefan Horochovec
Possuo 20 anos de experiência no desenvolvimento de soluções web. Nos últimos 10 anos tenho atuado como Arquiteto de Soluções auxiliando empresas a desenvolver projetos para nuvem com um grande foco em Java EE como tecnologia voltada ao backend, Angular e React voltada ao frontend e Flutter voltado ao desenvolvimento móvel. Com relação a plataformas na nuvem, atuo com projetos consumindo serviços da AWS, Azure, e GCP.

BlackBerry + Apache Cordova — Phonegap

Olá pessoal

Nesse tutorial, quero apresentar a vocês como configurar seu ambiente para o desenvolvimento de aplicativos para BlackBerry utilizando o Apache Cordova — Phonegap.

You can read this tutorial in my english blog.

Apache Cordova
Mas afinal, o que é o Apache Cordova? Muitas pessoas vem confundindo o Apache Cordova com Phonegap, mas porque existe essa confusão?

Como o nome já sugere, é um projeto mantido pela fundação Apache, seu objetivo é ser um framework open-source, para distribuição de aplicações desenvolvidas em HTML/JS/CSS em diversas plataformas móveis. Ou seja:

  • O seu desenvolvimento é mantido pela Apache Fundation;
  • Ele é open-source, você pode acompanhar e contribuir com o seu desenvolvimento;
  • Seu foco é portabilidade do mesmo código entre diversas plataformas;

E o Phonegap, aonde entra nessa história?

O Phonegap é um produto mantido pela Adobe, que tem como objetivo utilizar o Apache Cordova como framework, porém, fornecer novos recursos para o desenvolvedor. Podemos definir então que o Phonegap é uma distribuição do Apache Cordova, com “algo a mais”. Vale lembrar que o Phonegap é um projeto open-source, você também pode contribuir com ele e acompanhar seu desenvolvimento.

Mas enfim, vamos ao desenvolvimento?

A primeira ferramenta que você terá que ter instalada em seu computador, é o ant. O ant é uma biblioteca java, baseada em linha de comando, basicamente utilizada para compilar e distribuir aplicativos em java. Porém, como o conceito dele é conduzir um processo através de tarefas, é possível utilizá-lo para outras tecnologias, como é o nosso caso.

Você deve efetuar o download do ant e descompactá-lo em algum local em seu sistema operacional. Feito isso, é necessário que você configure seu ambiente para que ele reconheça o comando ant em seu console. Irei indicar os passos para o Windows 8 (meu sistema atual), mas essa informação você encontra facilmente no Google, pois o ant é uma ferramenta muito difundida e bem antiga.

Primeiro passo, crie uma variável de ambiente chamada ANT_HOME, e informe o local aonde ele foi descompacto.

Segundo passo, adicione a variável ANT_HOME a variável PATH, adicionando o diretório bin, da seguinte forma: %ANT_HOME%bin

Feito isso, basta abrir o prompt e executar o comando ant -version, você deverá receber o resultado abaixo:

Pronto, seu ambiente para distribuição de aplicativos via Phonegap está pronto, iremos agora configurar nosso primeiro projeto.

A partir deste momento, estaremos iniciando o processo de build de um aplicativo. Isso significa que você já possui suas chaves devidamente assinadas e instaladas em seu computador para distribuição de aplicativo e um token gerado e instalado em seu device/simulador.

Você ainda não possui nada disso? Bom, então siga os links listados abaixo e configure seu ambiente corretamente, após fazer isso, podemos continuar com nosso processo.

Links:

Ok, ambiente pronto? Então vamos continuar….

Abrindo o diretório aonde foi instalado o Phonegap, navegue pelas seguintes pastas: lib/blackberry/

Nosso objetivo de trabalho será a pasta “sample”. Essa pasta não vem no download do Apache Cordova, somente no download do Phonegap. Essa é uma das primeiras diferenças entre as versões. O Phonegap já disponibiliza um pequeno projeto para que você possa efetuar um teste rápido de deploy e testar o processo.

Sugiro a cópia desta pasta para um local reservado no seu computador, não é recomendado alterar diretamente esse projeto, pois pode ser necessário em algum momento sua re-utilização para algum novo teste.

Feito a cópia (se você achar necessário), abrimos o diretório e nos deparamos com a seguinte estrutura:

Agora, teremos que configurar o arquivo project.properties.

O arquivo é bem extenso e auto explicativo. Neste tutorial, irei comentar as alterações básicas para que você possa efetuar um deploy do projeto e testa-lo.

Propriedades que deverão ser configuradas:

  • qnx.bbwp.dir — Esta propriedade deverá ser configurada com o caminho de instalação do SDK do WebWorks.
  • qnx.bbwp.dir=E:\Programas\Research In Motion\BlackBerry 10 WebWorks SDK 1.0.4.7 (em meu caso)
  • qnx.sigtool.password — Senha informada no momento da assinatura de suas chaves de desenvolvedor

A partir de agora, você terá que configurar seu dispositivo para que possa efetuar seus deploys, para isso, no aplicativo Definições em seu device ou simulador, abra a opção Segurança e privacidade. Na próxima tela, selecione a opção Modo de Desenvolvimento. Nessa tela, iremos habilitar o device ou simulador para o modo de desenvolvimento. Ao habilitar o modo de desenvolvimento, você terá que informar uma senha, essa senha e o ip serão mais tarde informados na configuração do arquivo project.properties.

Voltando a edição do arquivo project.properties

Caso possua algum device da BlackBerry

  • qnx.device.ip=Informe aqui seu ip
  • qnx.device.password=Informe aqui sua senha

Caso não possua um device, utilize o simulador:

  • qnx.sim.ip=Informe aqui seu ip
  • qnx.sim.password=Informe aqui sua senha

Pronto, tudo pronto para nosso primeiro deploy.

Primeiramente, iremos testar a compilação de nosso projeto com o comando: ant qnx build.

Agora, iremos fazer o nosso deploy em nosso device, através do comando ant qnx load-device.

Ou então, podemos efetuar o deploy em nosso simulador, através do comando ant qnx load-simulator. Também é possível efetuar o debug de suas aplicações, através dos comandos: ant qnx debug-device e ant qnx debug-simulator.

Prontinho, caso tudo tenha ocorrido conforme o esperado, o resultado será a imagem abaixo, tanto em seu device quanto simulador.

Um abraço 🙂

Share

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *