Stefan Horochovec
Possuo 20 anos de experiência no desenvolvimento de soluções web. Nos últimos 10 anos tenho atuado como Arquiteto de Soluções auxiliando empresas a desenvolver projetos para nuvem com um grande foco em Java EE como tecnologia voltada ao backend, Angular e React voltada ao frontend e Flutter voltado ao desenvolvimento móvel. Com relação a plataformas na nuvem, atuo com projetos consumindo serviços da AWS, Azure, e GCP.

Primeiros passos com Eclipse, Java EE 7 e GlassFish 4.0

Olá

Recentemente tivemos a excelente notícia que a especificação Java EE 7 foi finalizada. Essa é uma grande notícia para a comunidade Java que esperava ansiosamente por este momento. Então que tal começar a testar todas as novidades?

Você pode conferir esse projeto no Github.

Bom, para configurar o ambiente para seus primeiros testes sugiro que você não utilize uma estação com Windows 8. O plugin que iremos utilizar está com um bug, ao menos nos meus testes. Para esse tutorial, eu utilizei uma estação com Ubuntu 13.04, OpenJDK 7 e Maven 3.0.5.

Primeiro passo, vamos instalar o plugin (ainda em desenvolvimento) para manutenção do GlassFish 4.0 no eclipse.

Para isso, no menu: Help -> Install new software, iremos adicionar um novo site para instalação de plugins, conforme o passo abaixo:

Instalado o plugin, podemos dar inicio a configuração do GlassFish. Não é necessário efetuar nenhum download do GlassFish, o plugin gentilmente fará esse trabalho para nós durante a configuração do servidor.

Para isso, em seu workspace, na aba “Servers”, selecione a opção, “Add new Server” e siga os passos abaixo:

Selecione o servidor GlassFish 4.0

Selecione a sua JRE, indique o caminho para a instalação do GlassFish 4.0 e selecione a opção “Install Server”

Após a instalação do GlassFish 4.0, continue com a configuração do servidor.

Apenas confirme a próxima etapa, não há necessidade de alterações.

Na última etapa, já na edição do servidor após ele ter sido adicionado com sucesso ao nosso ambiente de desenvolvimento, iremos configurá-lo para que seja feita a publicação a cada alteração feita no projeto (hot-deploy).

Nesse momento, já estamos com o plugin para manutenção do servidor (stop, start, etc) configurado na nossa IDE, e também com o servidor instalado e pronto para ser utilizado.

Agora, iremos adicionar um plugin no eclipse chamado m2e-wtp. Esse plugin irá facilitar nosso trabalho para a integração entre um projeto maven e o eclipse web tools. Para isso, selecione a opção: Help -> Eclipse Marketplace.

Para facilitar a instalação, filtre pelo seguinte texto: maven integration for eclipse.

Agora, iremos criar um Maven Project. Eu ainda não encontrei um archetype específico para Java EE7, portanto, iremos seguir agora o tutorial de criação de projetos que o Aran Gupta publicou a alguns meses em seu blog. A única diferença é que iremos utilizar a IDE para a geração do projeto, e não a linha de comando. Para isso, basta seguir os passos abaixo:

Selecione a opção: File -> New -> Maven Project

Seguindo essas etapas, surgirá um novo projeto em seu workspace com todos os facets necessários configurados.

Nessa etapa, iremos fazer algumas alterações em nosso arquivo pom.xml. Primeiro, iremos alterar a versão de compilação do Java no plugin maven-compiler-plugin para a versão 1.7. A próxima etapa é alterar a versão 6.0 do artefato javaee-web-api para a versão 7.0-b86. Esse jar está disponível no repositório: https://maven.java.net/content/groups/promoted, que deverá ser adicionado em nosso pom.xml. Com essas alterações, teremos o seguinte arquivo pom.xml:

xsi:schemaLocation="http://maven.apache.org/POM/4.0.0 http://maven.apache.org/xsd/maven-4.0.0.xsd">
4.0.0
br.com.horochovec.glassfish
firsttest
0.0.1-SNAPSHOT
war
firsttest
${project.build.directory}/endorsed
UTF-8
Java EE 7
https://maven.java.net/content/groups/promoted/
javax
javaee-web-api
7.0-b86
provided
org.apache.maven.plugins
maven-compiler-plugin
2.3.2

1.7
1.7

${endorsed.dir}




org.apache.maven.plugins
maven-war-plugin
2.1.1

false
org.apache.maven.plugins
maven-dependency-plugin
2.1


validate

copy


${endorsed.dir}
true


javax
javaee-endorsed-api
6.0
jar
Feito isso, podemos adicionar o projeto ao GlassFish, clicando com o botão direito em cima de sua configuração e selecionado a opção "Add and Remove".
Nesse ponto, basta iniciar o servidor e aguardar sua inicialização. Após sua inicialização, abra seu navegador no endereço: http://localhost:4848/. Neste endereço, podemos acessar o painel de controle do GlassFish 4.0. Ao acessar, teremos a seguinte visualização:
Ao selecionar a opção: Applications
Ao executá-la pela primeira vez:
E quando alteramos algumas informações em nosso index.jsp e salvamos o arquivo, o eclipse já sincroniza a alteração com o nosso GlassFish. Basta dar um F5 em nosso navegador e já vemos o resultado da nossa alteração.
Simples não é? Espero que com essas dicas você possa iniciar ainda hoje seus testes em cima da especificação Java EE 7 com o GlassFish 4.0.
Você pode conferir esse projeto no Github.
Um abraço.
Share

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *